(41) 99116 4578
(41) 3042 6464

Sobre introdução alimentar!

Lá pelos seis meses de vida… chega o tão esperado momento de apresentar sabores, cores, texturas, tamanhos e formas diversos ao bebê, que estava acostumado a receber apenas o leite materno (ou fórmula no caso de complementação ou impossibilidade de aleitamento pela mãe).

Vem a bagunça, a sujeira, a diversão!

Cabe ao responsável pela introdução alimentar ter paciência, criatividade, persistência e vontade de fazer aquele serzinho aceitar e aprender a gostar dos mais diferentes alimentos. Claro que não pode faltar amor nesta receita de sucesso!

É importante entender aquele bebezinho como uma folha em branco, que ainda tem o paladar a desenvolver, que nada conhece além do gosto do leite materno (ou fórmula). Ele está na fase oral, tudo traz à boca e com ela que vai descobrindo o mundo na primeira etapa de vida.

Então vai muito além de introduzir alimentos; estamos falando de experiências, que bem sucedidas contribuirão para tornar o bebê uma pessoa saudável, sociável – que coma de tudo e se adapte às mais diferentes situações – e por que não dizer feliz – porque, sim, comer é e deve mesmo ser um ato de felicidade.

Quanto tempo de nossas vidas passamos comendo?!

Imagine agora que estamos falando de um ser vivo que só recebeu o leite de sua mãe até então. Puro. E é aí que devemos nos dedicar para que o que entre nesta morada seja igualmente o mais puro possível.

Entrar com alimentos cheios de pesticida, açúcares ruins, sal e sódio em excesso, vai muito além de estragar o paladar da criança: é envenenar, ir minando desde tão cedo seu organismo – e sabemos quantas doenças ruins estão diretamente relacionadas à alimentação inadequada.

E não é o que nenhum pai ou mãe quer, certo?

Então vamos lá, mãos à obra, com toda responsabilidade, dedicação e amor!

Nada de refrigerantes, balas, excesso de açúcares, sal, gorduras. Faça trocas inteligentes, prefira alimentos naturais e diga não ao máximo aos industrializados.

E coloque MUITO, MUITO alimento orgânico no prato do seu filho!

Ele agradece, a natureza agradece, e o principal é saber que você está fazendo realmente o MELHOR por quem você mais ama.

Este sentimento não tem preço!

Anota aí uma receita para ajudar na troca do sal!

Receita de Pasta sem Sal

Para temperar o que quiser!No liquidificador ou mixer:

1 copo americano de azeite de oliva

1 colher de sopa de folhas de manjericão

1 colher de sopa de gengibre picado

1 dente de alho

Bater até virar pasta. Guarde em pote de vidro por no máximo 15 dias em geladeira. Sugestão: refogue arroz, ovos, feijão, vegetais e etc.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Salve meu nome, email e site neste navegador para a próxima vez que eu comentar.

© 2020 Oh!Market.
Todos os direitos reservados.

Contato

Alameda Princesa Izabel, 1399
Bigorrilho – Curitiba
CNPJ: 33.488.258/0001-38
[email protected]
(41) 99116 4578
(41) 3042 6464

Assine nossa Newsletter!

Fique por dentro das novidades e seja o primeiro a saber das nossas ofertas!

    X